• Nome Científico:

    Bowdichia nitida Spruce

  • Família:

    Leguminosae Papilionoidae

  • Outros Nomes:

    Cutiúba, macanaíba, macanaíba-pele-de-sapo, sucupira-pele-de-sapo, sapupira, sacupira-amarela, sapupira-da-mata, sapupira-parda, sebepira, sucupira-açu, sucupira-da-terra-firme, sucupira-da-várzea, sucupira-do-igapó, sucupira-marreta, sucupira-parda, sucupira-preta, sucupira-vermelha, sucupira-roxa. Nomes internacionais: coeur de hors, sapupira, sucupira, tatabu, zwarte-kabbes.

  • Maior ocorrência:

    Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rondônia. Outros países: Colômbia, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname, Venezuela.

  • Características Gerais:

    Madeira pesada e dura ao corte; cerne marrom-chocolate quando recém-cortado, tornando-se marrom-escuro após a secagem; apresenta faixas estreitas de um marrom mais claro, resultando em um aspecto fibroso característico. Alburno estreito, acinzentado ou cinza-rosado, claramente diferenciado do cerne. Grã levemente revessa, textura média a grossa, brilho moderado e cheiro imperceptível.

  • Durabilidade:

    Durável e resistente ao ataque de fungos e cupins de madeira seca. Baixa resistência às brocas marinhas.

  • Preservação:

    Alburno fácil de ser preservado e o cerne não tratável com creosoto e nem com CCA-A, mesmo em tratamentos sob pressão.

  • Trabalhabilidade:

    Moderadamente difícil de ser trabalhada. Bom comportamento na serra, mas de difícil de aplainamento devido à grã revessa. Fácil de ser torneada, resultando em excelente acabamento. Elevada capacidade de retenção de parafusos e aceita satisfatoriamente verniz ou polimento, desde que seja primeiramente aplicado um selador para o enchimento dos poros da madeira.

  • Secagem:

    Secagem ao ar muito difícil, apresentando tendência a rachaduras de topo leves e a empenamentos. Secagem em estufa muito rápida, com tendência moderada a rachaduras e torcimento médios.

  • Aplicações:

    Por apresentar propriedades físico-mecânicas altas e médias, pode ser usada para vigas, caibros, ripas, marcos de portas e janelas, tábuas e tacos para assoalhos, lambris, guarnições, móveis, lâminas faqueadas decorativas, objetos de adorno, peças torneadas, cruzetas, dormentes e outros.

  • Fonte:

    IPT (1989); IBAMA (2002)

Solicite um orçamento:

Produto: LAMINA-DE-SUCUPIRA