• Nome Científico:

    Ocotea porosa (Nees ex. Mart.) Barroso

  • Família:

    Lauraceae

  • Outros Nomes:

    Imbuia, canela-imbuia, embuia, imbuia-amarela, imbuia-brazina, imbuia-clara, imbuia-parda, imbuia-rajada. Nomes internacionais: brazilian walnut, imbua.

  • Maior ocorrência:

    Brasil: Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina.

  • Características Gerais:

    Madeira moderadamente pesada e dura ao corte; cerne extremamente variável, do pardo-amarelado ao pardo-acastanhado e do pardo-escuro-acastanhado ao pardo-havana-claro; grã direita à revessa; textura média, cheiro característico; superfície irregularmente lustrosa, geralmente apresenta veios ou estrias paralelas.

  • Durabilidade:

    É considerada resistente ao ataque de organismos xilófagos, sendo raramente atacada por cupins.

  • Preservação:

    Quando submetida a tratamentos sob pressão, demonstrou ser impermeável às soluções preservativas.

  • Trabalhabilidade:

    Fácil de ser trabalhada, proporcionando bom acabamento. O torneamento é satisfatório. Cola e verniz secam rápido e é fácil de pregar.

  • Secagem:

    A secagem ao ar é de média a difícil; muito lenta para peças mais espessas e que apresentam maiores riscos de ocorrência de colapso e rachaduras internas. A secagem artificial, em estufa, deve ser lenta e cuidadosa.

  • Aplicações:

    Por ser moderadamente pesada, de cor agradável e de propriedades mecânicas médias, pode ser usada para móveis de luxo, folhas faqueadas decorativas, acabamentos internos, tábuas e tacos para assoalhos, marco de portas, venezianas, vigas, caibros, ripas, entalhes, coronhas de arma de fogo, esquadrias, peças torneadas, instrumentos musicais e outros.

  • Fonte:

    IPT (1989)

Solicite um orçamento:

Produto: LAMINA-DE-IMBUIA