• Nome Científico:

    Amburana cearensis Fr. Allem

  • Família:

    Fabaceae

  • Outros Nomes:

    Amburana, amburana-de-cheiro, cerejeira-rajada, cumaré, cumaru-de-cheiro, emburana, imburana, imburanda-de-cheiro, louro-ingá, umburana. Nomes internacionais: amburana, cerejeira, roble, soriocco, trebol.

  • Maior ocorrência:

    Brasil: Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rondônia. Outros países: Argentina.

  • Características Gerais:

    Madeira moderadamente pesada; cerne bege-amarelado ou bege-rosado, uniforme, excepcionalmente apresenta alguns veios mais escuros; alburno muito pouco diferenciado do cerne; grã direita a irregular; superfície irregularmente lustrosa e mediamente lisa ao tato; cheiro acentuado, peculiar, agradável, lembrando o de baunilha.

  • Durabilidade:

    A madeira de cerejeira é considerada não durável, com baixa resistência ao ataque de fungos.

  • Preservação:

    Moderadamente permeável.

  • Trabalhabilidade:

    É considerada de fácil desdobro, aplainamento, torneamento, desenrolamento e colagem.

  • Secagem:

    É classificada como fácil.

  • Aplicações:

    Por apresentar aspecto agradável e por ter retratibilidade baixa, resistência mecânica entre baixa e média, é indicada para confecção de móveis de luxo, folhas faqueadas decorativas, escultura, tanoaria, acabamento interno, lambris e outros.

  • Fonte:

    IPT (1989)

Solicite um orçamento:

Produto: LAMINA-DE-CEREJEIRA