• Nome Científico:

    Mezilaurus itauba (Meissn.) Taub.

  • Família:

    Lauraceae

  • Outros Nomes:

    Itaúba-abacate, itaúba-amarela, itaúba-grande, itaúba-preta, itaúba-verdadeira, itaúba-vermelha, louro-itaúba. Nomes internacionais: itauba.

  • Maior ocorrência:

    Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia. Outros países: Guiana, Guiana Francesa, Suriname.

  • Características Gerais:

    Madeira muito pesada; cerne amarelo-oliváceo quando recém polido, tornando-se pardo-havana-claro, escurecendo para pardo-havana-escuro, uniforme; textura média, uniforme; grã ondulada ou revessa; superfície irregularmente lustrosa e lisa ao tato; cheiro ligeiramente adocicado.

  • Durabilidade:

    É considerada de alta resistência ao ataque de organismos xilófagos (fungos apodrecedores, cupins e xilófagos marinhos).

  • Preservação:

    Apresenta baixa permeabilidade às soluções preservativas.

  • Trabalhabilidade:

    É moderadamente difícil de ser trabalhada, tanto com ferramenta manuais como com máquina, devido à presença de sílica; porém permite bom acabamento.

  • Secagem:

    A secagem ao ar é lenta e difícil, porém sem causar alta incidência de defeitos. A secagem artificial é reportada como lenta, com ocorrência acentuada de rachaduras e moderada de empenamentos.

  • Aplicações:

    Por ser muito pesada, de baixa retratibilidade em relação à densidade, resistência mecânica alta a média e durabilidade alta, é indicada para construções externas; como estrutura de pontes, dormentes, postes, cruzetas; em construção civil, como vigas, ripas, caibros, tábuas e tacos para assoalhos, marcos de portas e janelas; construção de veículos e implementos agrícolas; construção naval, embarcações; fabricação de peças torneadas, móveis, guarnições, defensas e outros.

  • Fonte:

    IPT (1989).

Solicite um orçamento:

Produto: MADEIRA-SERRADA-DE-ITAUBA