• Nome Científico:

    Tectona grandis

  • Família:

    Verbenaceae

  • Outros Nomes:

    Teca, Teck (França); Teak (Inglaterra); Tiek (Alemanha); Djati (Holanda).

  • Maior ocorrência:

    Brasil: Mato Grosso, Pará. Outros países: Camboja, Índia, Laos, Mianmar, Paquistão, Tailândia, Vietnã. Observação: árvore nativa na Índia, Miamar, Paquistão, Tailândia, Laos, Vietnã, Camboja e plantada em diversas regiões. Na América é cultivada em diversos países, destacando-se o Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Jamaica, México, Peru e Venezuela.

  • Características Gerais:

    Cerne e alburno distintos pela cor, cerne castanho-amarelado passando a castanho escuro, com listras escurecidas; cheiro característico; grã direita, ondulada ou entrecruzada; textura grossa.

  • Durabilidade:

    A madeira de teca apresenta alta resistência ao ataque de fungos e insetos, porém susceptível ao ataque de organismos marinhos. Apresenta alta durabilidade quando sujeita às intempéries.

  • Preservação:

    Apresenta baixa permeabilidade às soluções preservativas quando submetida à impregnação sob pressão.

  • Trabalhabilidade:

    A teca tem de aplainamento, torneamento, furação, lixamento e colagem fáceis. A presença de sílica pode provocar o desgaste de ferramentas.

  • Secagem:

    É lenta com a ocorrência de pouquíssimos defeitos.

  • Aplicações:

    Tem de aplainamento, torneamento, furação, lixamento e colagem fáceis. A presença de sílica pode provocar o desgaste de ferramentas. A secagem é lenta com a ocorrência de pouquíssimos defeitos. É usada em móveis de alto luxo, marcenaria em geral, pisos, barril para guardar produtos químicos, janelas, portas, esquadrias e peças de decoração internas.

  • Fonte:

    IPT (1989).

Solicite um orçamento:

Produto: LAMINA-DE-TECA